A Sonae Sierra Brasil ficará com 32,1% do maior operador de shopping centers do Brasil, num negócio que deverá gerar sinergias de até R$ 70 milhões por ano

A Sonae Sierra Brasil e a Aliansce chegaram a acordo para uma fusão que criará o maior operador de shopping centers no Brasil, com um total de 40 centros comerciais e 1,4 milhões de metros quadrados de área bruta locável (ABL), anunciou o grupo luso Sonae em comunicado.

“Esta transação está alinhada com a estratégia de gestão ativa de portefólio da Sonae, reforçando a sua posição de liderança no setor de centros comerciais e fortalecendo a sua presença internacional”, sublinha a Sonae no seu comunicado.

A operação deverá ser fechada ainda em 2019, mas até lá as duas empresas continuarão separadas. Quando a operação for consumada, os acionistas da Aliansce ficarão com 67,9% da nova companhia, enquanto os acionistas da Sonae Sierra Brasil terão 32,1%.

A Sonae Sierra e a Aliansce estimam as sinergias decorrentes da implementação da incorporação em R$ 55 milhões a R$ 70 milhões por ano.

Mas a combinação de negócios também terá custos. A Sonae Sierra deverá gastar R$ 32 milhões com a operação, incluindo avaliações e assessorias (jurídica e financeira). A empresa lusa contratou o banco Itau e o escritório de advogados Pinheiro Neto. Já a Aliansce, que trabalhou com o Bank of America e a BMA Advogados, estima custos de R$ 27 milhões.

 

Fonte: https://portugaldigital.com.br