A colônia portuguesa e a cidade de Niterói perderam uma figura que se destacava pela simpatia, cordialidade e elegância.

Um empresário exemplar, imigrante português, oriundo de Arouca, pequena cidade ao Norte de Portugal, Gentil Moreira de Souza, foi o fundador da tradicional Confeitaria Beira Mar em Niterói, hoje com 47 anos de tradição. Chegou ao Brasil nos anos 50. Foi uma figura de apoio para diversos imigrantes portugueses que precisavam de suporte ao chegar por aqui.

Já na cidade, exerceu o ofício de alfaiate, mas ganhou destaque na condução da padaria. Construiu a Beira Mar, símbolo de elegância e requinte.

A Confeitaria Beira Mar associou-se à Câmara Portuguesa em 14 de setembro de 2001, participou ativamente do Conselho da Câmara Portuguesa de Comércio e Indústria do Rio de Janeiro nos biênios 2006-2008, 2008-2010 e 2018-2020 e deixa uma história de muita luta, trabalho e grandes conquistas.

Em junho de 2015, por ocasião do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, o Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, o agraciou, com a Ordem do Mérito – Grau de Comendador notabilizado por serviços meritórios no exercício das suas funções.

Participou da fundação e teve atuação destacada em todos os movimentos lusos da cidade de Niterói: no Clube Português, na Beneficência Portuguesa, na Banda Portuguesa e na Câmara Portuguesa de Comércio e Indústria do Rio de Janeiro.

Nossas sinceras condolências aos familiares e a toda comunidade portuguesa de Niterói. Perdemos um importante colaborador das atividades da Câmara Portuguesa de Comércio e Indústria do Rio de Janeiro e um grande amigo.

Manuel Domingues e Pinho

Presidente

Câmara Portuguesa de Comércio e Indústria do Rio de Janeiro